quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Dissertação: ô "trem" bom de escrever!!!


Cansada de ouvir em todos os cantos onde me apresento que “Dissertar é uma tarefa difícil!”, resolvi postar um modelo básico utilizado por vários autores da área para a escrita cobrada nas escolas, vestibulares e ENEM, a fim de desmistificar o caráter de complicado do texto dissertativo argumentativo.

OBS.: O modelo apresentado não é de minha autoria, já o vi em vários manuais de redação e resolvi utilizá-lo por ser o molde que sigo em meus textos.

O esquema é fácil de ser seguido: pergunta-se ao tema – Por quê? E a partir das respostas é possível escrever a dissertação.

Vejam este exemplo. Segui todos os passos e... assim, a dissertação ficou pronta sem dificuldade.



TEMA: A MORADIA É UMA NECESSIDADE ESSENCIAL AOS SERES HUMANOS.




POR QUÊ?

Recorre a fundamentos que expliquem a idéia central do texto;

Auxilia na sistematização da composição do texto;



· Direito assegurado na Declaração Universal dos Direitos Humanos, ECA e outros documentos para a constituição familiar;

· Protege contra os agentes naturais do tempo, ataques de animais ou violências dos seres humanos;

· Para a realização das atividades biológicas inerentes ao comportamento dos seres humanos;

· Referência domiciliar para envio de correspondências, aquisição de emprego, etc, que torna o indivíduo cidadão;



É evidente a fundamental importância da moradia para o ser humano, porque dispõe os mecanismos básicos de proteção física e moral de cada indivíduo, por exemplo, protegê-los do perigo, agentes naturais do tempo e também garantir a cidadania. Além de ser essencial à vida humana de forma particular, ela também é importante para a vida em sociedade, de tal forma que se constitui em direito de todo cidadão.

A Declaração Universal dos Direitos Humanos garante o direito à propriedade, seja ela privada ou coletiva. Direito abrangente disposto na Constituição Brasileira e no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), o que justifica a pertinência de uma habitação para a integridade do homem nas diversas fases da vida, principalmente, no tocante à formação familiar.

Em relação à família, a moradia representa papel fundamental na educação das crianças e adolescentes, na aquisição de responsabilidades aos jovens, na fortaleza para os adultos e idosos. Ela, em todas as instâncias, corresponde à proteção, ao cuidado dos familiares entre si, ao carinho e amor presentes em um lar.

Contudo, ainda existem no Brasil indivíduos privados do direito de ter um abrigo, carentes da proteção física e moral. São inúmeras pessoas vagando pelas ruas, morando embaixo de viadutos, ocupando os espaços considerados inabitáveis, mas visto a escassez de opções, se recolhem nesses ambientes e ali constroem seu lar.

Diante dessa situação, nos deparamos com o paradoxo presente no mundo inteiro: as disparidades em relação aos direitos assegurados por documentos em favor do cidadão e a carência de moradias dignas para a constituição familiar. Urge, portanto, alternativas que viabilizem a eficácia dessa segurança, quer seja na construção e distribuição de casas populares com eficiência e menos burocracia, quer seja na doação de lotes e materiais de construção para famílias carentes. Pois, assim como as informações da certidão de nascimento, RG, CPF e demais documentos básicos, são fundamentais para tornar um indivíduo reconhecido na sua cidade, escola, emprego, no país, a moradia também é a garantia de estar presente, poder ser ouvido, ser visto na sociedade.






Postem comentários...Aguardo as opiniões de vcs...elas me ajudam a crescer e aperfeiçoar minha escrita.


Bjs

Nenhum comentário: